Vitamina E

A vitamina E é tem um papel importante para a manutenção de uma boa saúde e para a performance. Veja a seguir o porquê desta fama.

Benefícios para a saúde:

A vitamina E é um dos antioxidantes mais aclamados, pois demonstra ter efeitos contra a deterioração das células e contra o envelhecimento. Normalmente encontrada em multivitamínicos e fórmulas antioxidantes, a forma natural (d-alfa-tocoferol) é notavelmente a melhor.

Por meio da destruição das membranas celulares, os radicais livres são responsáveis por uma grande variedade de problemas de saúde. A vitamina E ajuda a defender as membranas celulares do corpo contra o estresse oxidativo, para a manutenção de uma boa saúde e de um bom funcionamento do sistema imunológico. [1-18]

Com a idade, o sistema imunológico se torna menos eficiente no combate a micróbios e vírus. Parte deste declínio deve-se a baixos níveis de vitamina E na corrente sangüínea. Alguns estudos demonstraram melhoras nas respostas imunes em pessoas mais velhas que tomavam suplementos de vitamina E. A vitamina E ajuda a diminuir os efeitos do envelhecimento por manter as células protegidas dos danos dos radicais livres.

A vitamina E também desempenha um papel na capacidade que o corpo tem de processar a glicose. [16]

Nos últimos dez anos as funções da vitamina E nas células têm sido ainda mais esclarecidas. Além de suas funções antioxidantes, a vitamina E é agora conhecida por agir por meio de outros mecanismos, incluindo efeitos diretos na inflamação, regulação das células do sangue, crescimento do tecido de conectividade e controle genético da divisão celular. [9]

Benefícios para a performance:

A vitamina E é um antioxidante muito conhecido e vital para todas as pessoas, especialmente para as que demandam mais do corpo, como praticantes de atividades físicas e esportistas. Durante e depois de exercícios intensos, ela favorece a função imune e a reduzir os danos oxidativos celulares causados pelos radicais livres.

Esta vitamina essencial é parcialmente responsável pela regeneração de todos os tecidos do corpo, incluindo sangue, pele, ossos, músculos e nervos. Isto claramente é necessário a todos, porém, ainda mais importante para pessoas muito ativas que treinam intensamente e levam o corpo a um esforço físico demasiado. A vitamina E pode ajudar de forma significativa as pessoas ativas a reduzirem os sintomas decorrentes do overtraining. [14]

Outra pesquisa indicou que a vitamina E pode indiretamente ajudar no transporte de nutrientes como aminoácidos e açúcares do sangue para dentro das células musculares e a promover a síntese de proteína nos músculos. [16]

Deficiências e necessidades:

É difícil aumentar o consumo de vitamina E por meio dos alimentos sem também acabar aumentando o consumo de gordura porque as melhores fontes são vegetais, sementes, óleo de noz e nozes.

Todas as pessoas que têm interesse em manter um bom funcionamento do sistema imunológico e a se defender da ação dos radicais livres devem considerar a vitamina E como uma opção de consumo a ser adicionada ao dia-a-dia. Praticantes de atividades físicas e esportistas, estão frequentemente levando o corpo ao limite, portanto ficam mais propensos a resfriados e infecções devido a baixa imunológica.

A vitamina E é um nutriente essencial, porém a deficiência dela não é muito comum.

Melhor hora:

O ideal é consumir a vitamina E no mesmo horário todos os dias e junto com as refeições que contenham uma certa quantidade de gordura para melhorar a absorção e evitar irritações estomacais. Os efeitos antioxidantes da vitamina E parecem ser potencializados quando ela é ingerida junto a outros antioxidantes, como a vitamina C por exemplo.

Fontes:

A vitamina E é encontrada em óleos vegetais (amendoim, soja, palma, milho, cártamo, girassol, etc.) e o gérmen de trigo. As nozes, as sementes, grãos inteiros e os vegetais de folhas verdes também são fontes de vitamina E. Existem também suplementos que fornecem vitamina E ao organismo.

NOTA: Este centro foi desenvolvido pelos especialistas do CorpoPerfeito e está protegido pelas leis de direitos autorais. Sua reprodução é proibida. O texto acima tem caráter informativo e não tem a intenção de substituir uma orientação médica ou de um profissional de saúde.

Produtos Relacionados: