Menopausa e Climatério

(Informações e Dicas)

A menopausa é um estágio natural da vida pelo qual todas as mulheres passam quando envelhecem. Embora seja normal, nenhuma mulher diria que os sintomas parecem normais. As ondas de calor, suor noturno, alterações de humor, cansaço e outros sintomas podem fazer da menopausa uma das fases mais difíceis no campo emocional e físico para uma mulher.

A menopausa ocorre quando os níveis de estrogênio começam a diminuir e provocar mudanças no ciclo menstrual. Durante a menopausa a ovulação é interrompida, fazendo com que os períodos sejam menos freqüentes, até parar totalmente. Para muitas mulheres esse processo começa silenciosamente depois dos 40 anos, geralmente entre 45 e 55 anos.

Sintomas:

  • Ondas de calor
  • Diminuição do desejo sexual
  • Suor noturno
  • Ressecamento vaginal
  • Irregularidade dos ciclos menstruais
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Ansiedade
  • Depressão.

O que acontece exatamente e quando?

Perimenopausa (Climatério) – Diminuição gradual dos níveis hormonais

Esta fase ocorre em geral a partir do fim dos 30 anos até o meio dos 40 anos. É um período de transição em que a mulher ainda está ovulando, mas começa a sentir alguns sintomas da menopausa. A perimenopausa geralmente dura 5 anos, mas pode durar somente 2 anos ou pode chegar a até mesmo 8 anos para algumas mulheres. Nesta fase começa a diminuição gradual da produção hormonal dos ovários. Nos últimos dois anos a mulher começa a sentir mais intensamente os sintomas da menopausa, pois a diminuição do estrogênio acelera.

Menopausa – Ciclos menstruais param

Esta fase ocorre em geral no fim dos 40 anos até o meio dos 50 anos. Os ovários interrompem a liberação dos óvulos e produzem maior quantidade de estrogênio. A mulher passa a não ter mais ciclo menstrual. Nesta fase, as mulheres podem sentir os sintomas da menopausa com mais intensidade. Quando a mulher passa mais de um ano sem um ciclo menstrual considera-se que ela entrou no período pós-menopausa.

Pós-menopausa – Aumento dos riscos de saúde

Esta fase ocorre em geral depois dos 50 anos. A partir desta idade, depois da menopausa, os sintomas diminuem para a maioria das mulheres. No entanto, nesse período muitas mulheres começam a sofrer conseqüências na saúde, em virtude da interrupção do ciclo menstrual e da produção hormonal (diminuição dos níveis de estrogênio e outros hormônios), como osteoporose e doenças cardíacas.

O que fazer para lidar melhor com a menopausa?

Existem algumas mudanças na sua alimentação e estilo de vida que podem ajudar você a lidar melhor com essa fase da vida. Veja a seguir o que pode ser feito.

- Dieta e Estilo de Vida:

Comer mais soja: Os cientistas começaram a se interessar mais pelo potencial da soja depois que estudos demográficos revelaram que apenas 9% das mulheres que vivem na Ásia, onde a dieta é rica em soja, sentiam ondas de calor durante a menopausa, enquanto que de 80% a 90% das mulheres ocidentais sofrem com o problema.

Muitos cientistas acreditam que as isoflavonas da soja, que são semelhantes aos estrogênios em estrutura, ajudam para a manutenção de uma boa saúde ao se ligarem aos receptores de estrogênio no organismo.

A soja é conhecida por ter um impacto sobre o ciclo menstrual da mulher na pré-menopausa. Mulheres em sociedades que têm um alto consumo de soja possuem menor incidência de ondas de calor durante a menopausa.

Exercitar-se: As mulheres sedentárias estão mais propensas a ter ondas de calor do que as mulheres que se exercitam. Em um experimento, os sintomas da menopausa foram reduzidos imediatamente após o exercício aeróbico.

Parar de fumar: Fumar cigarros podem estar muito relacionado às ondas de calor em mulheres que estão passando pela menopausa. Estudos preliminares mostraram que mulheres que sentem ondas de calor são, provavelmente, as fumantes. Outro estudo preliminar mostrou que mulheres que buscavam reposição hormonal para tratar os sintomas da menopausa eram mais freqüentemente fumantes.

- Substâncias que podem ajudar:

Cimicifuga: A cimicifuga é um fitohormônio indicado para ajudar contra alguns sintomas do climatério, principalmente as ondas de calor, também conhecidas por fogachos

NOTA: Este centro foi desenvolvido pelos especialistas do CorpoPerfeito e está protegido pelas leis de direitos autorais. Sua reprodução é proibida.O texto acima tem caráter informativo e não tem a intenção de substituir uma orientação médica ou de um profissional de saúde.

Produtos Relacionados: