HOME > ARTIGOS

O que você sabe sobre o HGH?


  Envie esta página a um amigo
 

Você já deve ter ouvido falar no hormônio do crescimento, também conhecido como GH (growth hormone) ou HGH (human growth hormone). A cada dia que passa, as pesquisas e estudos sobre esse hormônio são aprofundados e os resultados são fantásticos. Ele é tido por muitos como a fórmula da juventude. Seus benefícios são enormes tanto para aqueles que malham como para aqueles que não praticam atividades físicas.

O GH começa a diminuir no corpo à medida que você envelhece. Após os 30 anos, ele reduz em cerca de 25% a cada década. Portanto, quando chegar aos 60, você estará com apenas 25% de sua capacidade original.

O hormônio do crescimento foi descoberto na década de 1920 e foi isolado na forma de somatropina em 1956. Até hoje, novos estudos surgem com regularidade e revelam novos usos para ele. Ele é produzido pela glândula pituitária. Estudos indicam que seus efeitos benéficos em nosso organismo são enormes, dentre os quais podemos citar:

  • O GH promove e aumenta a síntese de proteína, que é fundamental no processo de recuperação e construção dos músculos;

  • Existem evidências da participação do GH no metabolismo da gordura corporal e sua conversão em fontes de energia;

  • Ele melhora o padrão de sono, reduz o despertar durante a noite e melhora o sono no estágio REM (conhecido entre nós como "sono profundo");

  • O GH produz mais energia;

  • Existem evidências de que o GH melhora o desempenho sexual;

  • O GH fortalece os músculos.

O GH traz os mesmos benefícios da testosterona e seus derivados, com a grande vantagem de não ser um hormônio androgênico (o efeito androgênico é responsável por influenciar as características sexuais masculinas tais como mudanças na voz, crescimento de pêlos na face, axila, aumento da agressividade).

Para saber sobre os efeitos dos hormônios androgênicos, clique aqui.

Para estimular a concentração de GH no corpo, procure seguir os 3 passos que discutiremos a seguir:

Malhação:

A primeira maneira de estimular a liberação de GH naturalmente é através dos treinos. Ao malhar intensamente, o seu organismo libera mais GH, que vai ser fundamental para aumentar a síntese de proteínas, consequentemente levará ao aumento da massa muscular.

Mas tenha cuidado com a duração dos seus treinos. Treinos muito demorados podem fazer com que o cortisol tome o lugar do GH. Isso é um desastre para quem está atrás de ganhos musculares. Se você quer saber um pouco mais sobre o cortisol, clique aqui.

Repouso:

75% do total do seu GH diário é produzido durante o sono, e a maior parte dele durante o sono REM (o que chamamos de "sono profundo").

Por isso que uma boa noite de sono é fundamental para quem quer crescer. Embora os cochilos possam ser benéficos, é pouco provável que eles sejam capazes de iniciar a produção do GH.

Dormir de 8 a 10 horas por dia é um hábito que todos devem levar em consideração se quiserem crescer rapidamente.

Alimentação / Suplementação:

Provavelmente é a seção mais importante deste artigo e a de maior interesse de quem malha e deseja o melhor aproveitamento do seu GH. Você não pode esperar ganhos da nutrição ou dos suplementos se os seus treinos e repousos não forem adequados. A busca pelo GH natural começa pelos nutrientes mais básicos - os aminoácidos.

Confira, a seguir, a lista de aminoácidos que podem estimular uma maior produção de GH. Embora a combinação entre eles seja muito mais eficaz, qualquer um deles isoladamente produz resultados também. Eles estão listados em ordem de importância.

1. Arginina - é a fonte principal na produção do GH.

2. Ornitina - funciona em sinergia com a arginina, da qual ela é derivada. Juntas elas têm um impacto maior na produção do GH.

3. Glutamina - preserva o uso da arginina em circunstâncias de exaustão. Consequentemente ela passa a ter um importante papel na produção do GH.

4. Glicina

5. OKG

Outras fontes de nutrientes que promovem o GH são a vitamina C (ácido ascórbico), as vitaminas do complexo B e a maioria dos antioxidantes.


Produtos Relacionados:


Voltar